A Polícia de Segurança Pública foi recebida com pedras e garrafas durante uma operação para dispersar dezenas de pessoas que se encontravam na rua e em cafés no bairro de imigrantes africanos da Cova da Moura, na Amadora.

“No dia 8 de Novembro, na sequência de notícia de ajuntamentos de grupos numerosos de pessoas junto e no interior de cafés com música com som muito alto, a PSP efectuou uma incursão no interior do Bairro da Cova da Moura, com várias valências policiais, no sentido de dispersar os aglomerados de pessoas, proceder ao fecho dos cafés e terminar com o ruído”, refere o comunicado da polícia.

Os agentes da polícia foram recebidos de forma hostil por imigrantes africanos do bairro, com arremesso de pedras e garrafas de vidro.

“Para fazer face às agressões ilícitas, revelou-se de absoluta necessidade o recurso a arma de fogo, três disparos de bagos de borracha, não tendo, contudo, resultado quaisquer danos físicos ou materiais. Depois dos disparos, a PSP conseguiu dispersar as pessoas, fechar os bares e terminar com o ruído”, esclarece ainda o comunicado.